quarta-feira, 28 de maio de 2014

As Doze Pedras da Edificação Espiritual

















Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor. (Lamentações 3:26).

Bom dia gente! Durante toda a nossa vida conhecemos várias pessoas, algumas mais importantes do que outras mais uma coisa que fazemos com quase todas elas é utilizar esse presente maravilhoso que Deus nós deu que é a nossa VOZ, para conversar e descobrirmos se essa pessoa será nossa amiga ou não, devemos tomar muito cuidado com o que falamos porque muitas vezes dizemos coisas desnecessárias, coisas humilhantes e que não deveriam ter sido faladas, mais nós somos humanos e sujeitos a MUITOS erros!  Mas existem algumas situações da nossa vida que devemos ficar em silêncio e apenas esperar, porque as palavras nesses momentos são inúteis.
Quando Jó perdeu tudo o que tinha os seus três amigos (Elifaz, Bildade e Zofar) depois de rasgarem as suas vestes e chorarem, sentaram com ele na terra e ficaram sete dias e sete noites sem disserem nada, porque sabiam que era muito grande a dor que Jó estava sentindo (Jó 2:11-13). E todos nós iremos viver uma situação triste em algum momento da nossa vida seja ele funeral, perda de bens materiais, emprego, sonhos não realizados, etc. quando esse momento chegar nada do que as pessoas que estiverem próximas de você falar irão diminuir a sua dor, por isso quando esse momento chegar à sua vida apenas ore e fique em silêncio esperando pela salvação do Senhor que virá no tempo certo.
Se você continuar lendo o livro de Jó verá que os amigos que estiveram com ele no inicio da sua provação foram os mesmos que o acusaram, repreenderam e o abandonaram quando viram que a prova era muito grande, mesmo não sabendo qual era o motivo de toda aquela provação que Jó estava passando e que a sua vitória seria maior e Eliu que se justificava mais do que Deus disse: “Se não tem nada para dizer, ouça-me, e ensinarei sabedoria a você” (Jó 33:33). A nossa vida não é diferente da vida de Jó, podemos não ter todos os bens materiais que ele teve ou tantos filhos como ele, mais servimos ao mesmo Deus e estamos sujeitos às mesmas provações, e muitas vezes quando essas provações chegam os “amigos” vão embora porque não interessa para eles te ajudar, falta comida, roupa, sapatos etc. mais, o que não pode faltar em você é a esperança e a fé em Deus de que tudo vai melhorar e nesses momentos o silêncio é uma arma que você deverá usar juntamente com a oração. Não precisa brigar com as pessoas que não te ajudarem, não precisa falar mal delas ou murmurar até mesmo contra Deus apenas fique em silêncio orando.
Abraços até a próxima!

4 comentários:

Fernanda Souza disse...

Como diz o provérbio: Até o tolo passará por sábio quando ficar calado.
Paz!

André Castro disse...

Paz de Cristo Viviane obrigado pela sua visita e comentario no meu blog, Jó éum grande exemplo a ser seguido que cada um de nós venha seguir o exemplo desse grande homem que não murmurou contra Deus e no momento de maior sofrimento não desistiu de servi-lo, infelizmente muitos hoje não aguentam por muito tempo e por muito menos ja pensam em parar, vivemos dias dificeis onde a apostasia acompanhada de heresias e seus falsos profetas tem deixado a igreja de Cristo doente com canções e mensagens antropocentricas, e ensinamentos sem fundamento biblico que o Senhor tenha misericordia de nós.

João Paulo e Priscila disse...

Palavras abençoadas nesta manhã !! Jó passou por muitas dificuldades e se manteve fiel. Grande exemplo para todos nós.

Viviane Almeida disse...

É verdade Fernando o melhor mesmo é ficar calado em muitas situações para não se prejudicar depois.