quinta-feira, 17 de abril de 2014

Ele vem ao seu encontro


"Certo dia Pedro e João estavam subindo ao templo na hora da oração, às três horas da tarde. Estava sendo levado para a porta do templo chamada Formosa um aleijado de nascença, que ali era colocado todos os dias para pedir esmolas aos que entravam no templo. Vendo que Pedro e João iam entrar no pátio do templo, pediu-lhes esmola. Pedro e João olharam bem para ele e, então, Pedro disse: Olhe para nós!. O homem olhou para eles com atenção, esperando receber deles alguma coisa. (Atos - 3:1-5 NVI).
Quando nossos sonhos são frustrados, então, perdemos a esperança ela que nos matem de pé, que nos faz crer que ainda é possível acontecer o impossível em nossas vidas. Pedro e João um dia sentiram medo, tiveram os seus sonhos frustrados, quando no calvário Cristo expirou, o mestre amado já não estava entre eles e agora? O que fazer? Qual direção tomar? Mais ao terceiro dia Cristo ressuscitou dentre os mortos, restaurou os sonhos e iluminou o caminho pelo qual eles iriam trilhar e põe fim a qualquer questionamento.
O Pedro e João que sobem ao templo, não são mais os discípulos indecisos, duvidosos e frustrados, são homens revestidos de autoridade e sabedores da missão que lhes foi confiada por Cristo. Na porta do tempo eles encontrarão alguém que está quebrantado, ferido, maltratado, alguém que já perdeu a esperança, um aleijado que todos os dias ficava na porta do templo para pedir esmolas. É bem provável que ele já tivesse ouvido falar de Jesus, alguém poderia ter dito a ele sobre os milagres homem de Nazaré. É provável também que caso tivesse ouvido falar de Cristo tenha imaginado diversas vezes como ele curaria as suas feridas. Mais tanto tempo se passou que a sua esperança já tinha ido embora e o sonho de se encontrar com Cristo já não existia mais. No entanto na porta do templo ele se depara com Pedro e João e nesse encontro ele pede que eles lhes desse uma esmola e estendendo as mãos os apóstolos de Cristo dão a ele o que ele havia perdido há muito tempo, a esperança! A esperança de se encontrar com Jesus  e ser curado.
Deus jamais esquece um filho seu, e sempre está disposto a nós abençoar, ajudar e sarar as nossas feridas e magoas do passado, não importando a nossa condição social, racial e muitas vezes até a espiritual, porque no momento em que ele decide que chegou o nosso momento de sermos transformados ele vem ao nosso encontro nos restaurando, curando e devolvendo a esperança perdida, junto com a felicidade e o brilho no olhar, mais ele espera que nós consigamos usar a nossa fé e esperança em prol da sua obra. Deus sempre estará do meu e do seu lado, sempre virá ao nosso encontro e nos receberá de braços abertos em sua casa.

2 comentários:

Skyline Spirit disse...

pretty nice blog, following :)

Cicero Jodecir disse...

Bom dia!!!
Ótima passagem bíblica de tirar um bela reflexão de vida.
Não existe reflexão melhor quando vem da Palavra de Deus.
O autor do texto mostrou os lados dos protagonistas da passagem bíblica.
Como eram os apóstolos antes e o aleijado como estava a sua situação espiritual naquele momento.
Até encontrar a graça de Deus em sua vida.
Não sabe o aleijado que a pior situação dele não era o problema físico e sim estava leijado espiritualmente, sem vida e sem salvação.
Gostei muito da reflexão!!!
Fique com Deus, irmão!