quinta-feira, 12 de julho de 2012

JMM convoca cristãos para 40 dias de jejum pelos muçulmanos

Nos próximos dias eles estarão entrando no período do Ramadã, um momento sagrado para 




  • Entre os dias 20 de julho a 18 agosto os muçulmanos estarão comemorando o Ramadã, um dos cinco pilares da religião. Por esse motivo a Junta de Missões Mundiais (JMM) iniciou na terça-feira (10) um jejum em favor dos povos islâmicos. JMM convoca cristãos para 40 dias de jejum pelos muçulmanosA ideia do jejum que vai durar 40 dias tem como objetivo interceder pela conversão dessas pessoas que não acreditam em Jesus como sendo o Salvador. “Orar e jejuar durante o mês do Ramadã não significa que nos conformamos com as práticas islâmicas. Nossa campanha apenas enfatiza o amor de Deus pelos muçulmanos”, diz trecho do texto no site da JMM.
    Ligada à Igreja Batista Brasileira, o ministério de missões convoca todos os cristãos a se envolverem nesse propósito e cultivarem um espírito de humildade, respeito, amor e serviço para com os islâmicos. “Afinal, eles precisam de Cristo, a paz que liberta”, lembra o texto.
    O Ramadã acontece no nono mês do calendário islâmico, durante esse período os muçulmanos praticam um ritual de jejum que é o quarto pilar do Islã. Os três primeiros são professar e aceitar o credo, orar cinco vezes ao dia e pagar dádivas. Já o quinto pilar é fazer a peregrinação à cidade da Meca.
    Os muçulmanos ao longo desses 30 dias praticam a caridade e a fraternidade e consideram esse período como um tempo de renovação da fé. Fora isso eles também aproveitam para ressaltarem os valores da vida familiar, o que faz desse período um dos principais momentos do ano.
    O jejum proposto pela JMM começou dez dias antes do Ramadã e vai terminar no mesmo período, quem desejar participar dessa campanha poderá acessar a página da Junta de Missões Mundiais no Facebook para conhecer mais sobre os motivos de oração que serão postados diariamente.

    Fonte: Gospel Prime

    Nenhum comentário: