quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

As Sete Eras da Igreja Gentia


As Sete Eras da Igreja Gentia
O mistério das sete estrelas, que viste na minha destra e dos sete castiçais de ouro. As sete estrelas são os anjos das sete igrejas e os sete castiçais que viste, são as sete igrejas. (Apoc 1:20)
O Castiçal representa as igrejas, o Azeite é o Espírito Santo que vindo em cada mensageiro, mantinha acesa a Luz de Deus através das Eras até o Tempo de Sua Segunda Vinda, onde Ele próprio, por meio de Seu Anjo, traria a plenitude da Luz à Sua Igreja. Sabemos que os 7 castiçais de ouro, visto primeiro pelo profeta Zacarias, no capítulo 4:1-6 e depois no livro do Apocalipse, aparecem novamente visto pelo Apóstolo São João.

Na verdade representam as 7 Igrejas ou 7 Eras da Igreja do Senhor Jesus Cristo na Terra. As 7 Estrelas vistas na mão direita do Senhor Jesus, são os seus 7 mensageiros enviados a cada Era em seu devido tempo. No desenho do castiçal feito pelo Reverendo William Marrion Branham, podemos ver também a Lua em um Eclipse de 7 fases, que representa a Luz (a Palavra) minguando enquanto a obscuridade crescia em cada Era. Este desenho foi confirmado pelo Anjo do Senhor, que o desenhou no quadro do Tabernáculo Branham, diante de centenas de pessoas em Jefferson Ville/Indiana-USA.


Este é o Diagrama que o Reverendo William Marrion Branham (Profeta-mensageiro da Sétima Era da Igreja Gentia), desenhou e utilizou no estudo das mensagens: "A Estatura de um Homem Perfeito" e "As Sete Eras da Igreja Gentia", para mostrar a posição da Noiva no Corpo Místico através das suas diferentes Eras. Este diagrama representa o templo espiritual do Senhor Jesus Cristo, iniciado no dia de Pentecostes, que de Era em Era e de etapa em etapa Deus tem enviado Anjos-mensageiros para recolher os escolhidos de cada Era. Vemos que são 7 anjos-mensageiros, para sete igrejas, e hoje estamos vivemos na Era mais importante, que é a Era da Pedra Angular, a qual pertence a uma nova dispensação: a Dispensação do Reino. E neste tempo, Deus envia um Anjo-mensageiro para recolher os seus escolhidos que vivem neste tempo final, conforme apocalipse 22:16: "Eu Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas a todas as igrejas."

2 comentários:

Oseias alves da silva disse...

As sete igrejas de Apocalipse já existiam na Ásia no tempo da perseguição do Império Romano. Por isso João escreveu a essas igrejas, para confortá-las. Essas igrejas não têm nada a ver com as dispensações da Igreja. Quando João escreveu às igrejas da Ásia, não falou nada a respeito dos sete ou oito mensageiros para cada uma delas. Muito menos disse que tais igrejas representavam sete Eras diferentes. Assim como havia um só revelador (Jesus), que deu a revelação completa para um só mensageiro (o anjo), que por sua vez testificou a um só profeta (João), há também uma só mensagem e revelação e não sete ou oito.

Com isso, concluímos que os adeptos dos dois grupos (Tabernáculo da Fé e VPA) não conseguem discernir as verdadeiras igrejas das falsas, aquelas que não seguem o Novo Testamento. Esses dois grupos admitem uma corrupção geral da Igreja através das Eras e, por conta disso, se elegem restauradores da Igreja.

Oseias alves da silva disse...

ai vem gente toma isto como meio de vida, e muitos os seguem, pois querem viver de sonhos.note... e surgirão falsos cristos e falsos profetas e farão sinais e prodigios e se possivel for enganaria até os escolhidos.